SNET SSBG v8-01.png

Excursões

separador.png
Confira as excursões que serão ofertadas pós-simpósios.
* No caso da excursão não atingir o número mínimo de participantes estabelecido, a Comissão Organizadora reserva o direito de cancelar a realização da mesma e providenciará o ressarcimento das inscrições realizadas para a atividade em questão.
Cartaz_EX-confirmados.jpg
separador.png

 

Excursão 1. Região vitivinícola Serra Gaúcha

 

Líder: Rosemary Hoff, rose.hoff@embrapa.br (EMBRAPA Uva e Vinho)

Início: 30/05/2019 em Bento Gonçalves 

saída prevista as 08h00min do Hotel Dall’Onder

Fim: 30/05/2019 em Bento Gonçalves  

chegada prevista as 17h30min no Hotel Dall’Onder

Duração: 1 dia

Temática: Exposição sobre a integração de dados regionais em SIG, para a caracterização e/ou identificação de terroirs vitivinícolas (tradicionais e emergentes) visando às decisões de gestão e a identificação de origem para distintos vinhos. Visita a áreas de produção. Terroir vitivinícola refere o conjunto de características naturais de um sítio (como solos, rochas, relevo e clima) que determinam tipicidade aos vinhos produzidos nestes locais. Esta diversidade pode acarretar diferentes respostas das videiras e, por conseguinte, numa diferenciação nas características químicas das uvas e vinhos que resulta em características sensoriais específicas e originais, distintas de outras regiões.

Vagas: 20 (máximo), 10 (mínimo)

Investimento: R$ 100,00

 

Confira o roteiro AQUI!

separador.png

Excursão 2. O Grupo Serra Geral na calha de Torres-estruturação e faciologia vulcânica

 

Líderes: Prof. Breno L. Waichel UFSC, breno@cfh.ufsc.br; Prof. Evandro Fernandes de Lima UFRGS, evandro.lima@ufrgs.br e Geol. Marcos Rossetti

Inicio: 30/05/2019 em Bento Gonçalves 

saída prevista as 08h00min do Hotel Dall’Onder

Fim: 01/06/2019 em Porto Alegre 

chegada prevista as 12h00min no Aeroporto Salgado Filho

Duração: 3 dias

Vagas: 20 (máximo), 10 (mínimo)

Investimento: R$  580,00 

 

Confira o roteiro AQUI!

separador.png

Excursão 3. O Terreno São Gabriel no Cinturão Dom Feliciano: as orogenias Tonianas Passinho (890-850 Ma) e São Gabriel (770-680 Ma)

 

Líderes: Ruy Philipp (IG-UFRGS), ruy.philipp@ufrgs.br e Marcelo Lusa (UNIPAMPA)

Início: 30/05/2019 em Bento Gonçalves 

saída prevista as 07h30min do Hotel Dall’Onder

Fim: 01/06/2019 em Porto Alegre – chegada prevista as 19h00min

Duração: 3 dias

Temática: O objetivo principal da excursão é apresentar aos participantes uma caracterização da geologia, estratigrafia, evolução paleogeográfica-tectônica e dos recursos minerais do Terreno São Gabriel (TSG). As atividades de campo visam apresentar as principais unidades lito-estratigráficas do TSG, incluindo os complexos ofiolíticos do Cerro da Mantiqueiras, Ibaré e Palma (930-890 Ma), os ortognaisses tonianos dos complexos Imbicuí (890-860 Ma) e Cambaí (740-710 Ma), as sequencias metassedimentares dos complexos Arroio Marmeleiro e Cambaizinho, a sequência metavulcano-sedimentar do Complexo Bossoroca (770-750 Ma) e as unidades pós-colisionais, incluindo os metassedimentos do Complexo Pontas do Salso (900-680 Ma) e os granitoides intrusivos da Suíte Lagoa da Meia Lua (700-670 Ma).

Vagas: 20 (máximo), 10 (mínimo)

Investimento: R$  580,00 

 

Confira o roteiro AQUI!

separador.png

Excursão 4. Caçapava do Sul, RS: capital gaúcha da geodiversidade

 

Líderes: André Weissheimer de Borba (UFSM), awborba.geo@gmail.com e Felipe Guadagnin (Unipampa), felipeguadagnin@unipampa.edu.br

Início: 29/05/2019 em Bento Gonçalves

saída prevista para 18h00min do Hotel Dall'Onder

Fim: 31/05/2019  em Porto Alegre - chegada prevista para 23h00min

Duração: 3 dias

Temática: Uma excursão com foco na geodiversidade e no patrimônio geológico de Caçapava do Sul, município reconhecido oficialmente, pela Lei Ordinária Estadual 14.708/2015, como a “capital gaúcha da geodiversidade”. Os congressistas que optarem por esta excursão terão a oportunidade de visitar afloramentos clássicos da geologia do extremo sul do Brasil, mas com um olhar diferenciado, que integra geologia, paisagem, cultura, história e sociedade. Venha conhecer a geodiversidade caçapavana: os granitos, que compõem o alto topográfico onde se situa a cidade, serão vistos em campos de matacões e nas paredes do Forte Dom Pedro II; os mármores, registros de um mar tropical do Proterozoico fornecem o calcário, maior riqueza mineral do município, produto essencial para a agricultura gaúcha; arenitos e conglomerados neoproterozoicos, depositados por rios entrelaçados e dunas eólicas de um passado distante, estão expostos nas feições geomorfológicas notáveis da Serra do Segredo e da região das Guaritas e Minas do Camaquã. Além de tudo isso, esta excursão possui atrativos especialmente pensados para o geoturismo e a divulgação científica: um “jardim da geodiversidade” e uma reconstituição de uma preguiça-gigante do gênero Megatherium, no acesso à cidade. O visitante não apreciará apenas geologia: Caçapava do Sul tem também uma biodiversidade sem igual, artesanato variado, mel e azeite de oliva, o delicioso vinho de laranja e bergamota, o típico churrasco gaúcho e os desafiadores esportes de aventura na natureza.

Vagas: mínimo 20

Investimento: R$ 465,00

Informações adicionais: inclui um almoço campeiro na Associação de Moradores das Guaritas e visita ao empreendimento Minas Outdoor Sports, com oportunidade de realizar esportes de aventura (trilhas pedestres, tirolesa, rapel, canoagem e stand-up paddle)

 

Confira o roteiro AQUI!

Excursão 5. Aparados da Serra (RS, SC) e Coluna White

(Serra do Rio do Rasto, SC)

 

Líderes: Ariane Santos da Silveira (UNISINOS) ariane@unisinos.br; Edison José Milani (PETROBRAS) e Roberto Iannuzzi (UFRGS) 

Início: 30/05/2019 em Bento Gonçalves 

saída prevista as 08h00min do Hotel Dall'Onder

Fim: 01/06/2019 em Porto Alegre - chegada prevista as 19h00min

Duração: 3 dias

Temática: Áreas geoturísticas da Coluna White e dos cânions dos Aparados da Serra. A Coluna White é a denominação dada à exposição da coluna estratigráfica da Bacia do Paraná na serra do Rio do Rasto, no trecho da Rodovia SC-438 localizado entre os municípios de Lauro Müller e Bom Jardim da Serra, SC. A rota, que homenageia o geólogo norte-americano Israel Charles White, que estudou a geologia da área entre os anos de 1904 e 1906, é demarcada por 17 marcos de concreto que localizam as feições mais características da geologia local. Os cânions dos Aparados da Serra (Geoparque Caminhos dos Cânions do Sul, proposto pela CPRM; e Consórcio Intermunicipal, estabelecido por diversas prefeituras do RS e SC) constituem feições morfológicas notáveis com paredões verticalizados de rochas vulcânicas que podem chegar a até 900 m de altura. Localizados na zona litorânea da região sul do Brasil, onde demarcam parte da divisa entre os estados do RS e SC, expõem um dos maiores eventos magmáticos do planeta (135-119 Ma), relacionado à ruptura do Gonduana. Cabe destaque a biodiversidade da região, representada por importantes remanescentes do Bioma Mata Atlântica. Nos Campos de Cima da Serra ocorrem as florestas de araucárias, e nas escarpas a Mata Pluvial Tropical Atlântica.

Vagas: 17 (mínimo), 24 (máximo)

Investimento: R$ 590, 00

Informações adicionais: com exceção do café da manhã, as demais refeições e lanches não estão incluídas no valor do investimento. Os horários de chegada estão sujeitos a alterações, conforme o andamento da viagem.

 

Confira o roteiro AQUI!

separador.png

Excursão 6. Mineralizações de ágata e ametista relacionadas ao magmatismo Serra Geral no RS

 

Líderes: Lauren Duarte (DEMIPE/UFRGS) lauren.duarte@ufrgs.br; e Pedro Luiz
Juchen labogem@ufrgs.br (DEMIPE/UFRGS) - Laboratório de Gemologia UFRGS

Inicio: 30/05/2019 em Bento Gonçalves

saída impreterivelmente as 06h00min do Hotel Dall'Onder, Não serão tolerados atrasos.

Fim: 31/05/2019  em Porto Alegre – chegada prevista as 20h00min 

Duração: 2 dias - 1 pernoite em Ametista do Sul

Temática:   No Rio Grande do Sul existem importantes depósitos de materiais gemológicos, sendo a ágata e a ametista as gemas mais conhecidas, que ocorrem preenchendo cavidades nas rochas vulcânicas da Bacia do Paraná. No norte do estado está localizada a maior jazida de ametista do planeta, onde os geodos mineralizados são extraídos em túneis horizontais com mais de 200 m de extensão, abertos na rocha não intemperizada. Já o município de Soledade, consolidou-se como um grande centro de beneficiamento, comercialização e exportação de gemas. Nessa excursão, no município de Soledade será visitada uma das maiores e mais tradicionais empresas de beneficiamento e comércio de gemas, onde será possível ver todo o processo de beneficiamento de geodos de ágata e de ametista, desde que chegam dos garimpos até a comercialização final. Em Ametista do Sul será visitado um garimpo de ametista em atividade (onde é possível acompanhar a extração dos geodos mineralizados), o Museu da Ametista (com uma coleção excepcional de minerais e de geodos gigantes e observação de uma mina desativada) e a igreja local, única no mundo revestida internamente com ametista. Inclui também uma visita a uma vinícola desenvolvida dentro de galerias de extração de ametista. Nesta vinícola podem ser observadas as estruturas relacionadas à mineralização, expostas de forma extraordinária, pois as galerias são bem iluminadas e proporcionam uma excelente visualização. Ainda, finaliza-se esta visita com a degustação dos vinhos produzidos no local. Como encerramento, o almoço será em um restaurante localizado dentro de antigas galerias de garimpos.

Vagas: 15 (mínimo), 20 (máximo)

Investimento: R$ 400, 00

Informações adicionais: o valor da inscrição inclui a hospedagem que será em quartos duplos, os ingressos ao garimpo de ametista, museu e vinícola e um almoço em Ametista do Sul.  

 

LABORATÓRIO DE GEMOLOGIA
Instituto de Geociências - UFRGS
Departamento de Mineralogia e Petrologia
Campus do Vale - Av. Bento Gonçalves, 9500 - Porto Alegre, RS
Prédio 43126 - salas 107/109
Fone:55-51-3308-6375
Fax: 55-51-3308-7302
labogem@ufrgs.br

 

Confira o roteiro AQUI!

 

tags.excursao-01.png
tags sess-01.png
tags mini-01.png
tags conf-01.png
tagsxpoo-01.png
tags socilo-01.png

INSTRUÇÃO PARA INSCRIÇÕES

 

 1) Acesse o sistema de inscrições AQUI.

 2) Clique em “Cursos e Oficinas”.

 3) Em seguida clique em “2ª Opção para Inscritos”.

 4) Selecione a excursão do seu interesse.

 5) Clique em ”Cadastrar opção".

 

Obs: Para confirmação da inscrição é necessário efetuar o pagamento.

INSTRUÇÕES PARA PAGAMENTO

 

- O pagamento de inscrição deverá ser feito por DEPÓSITO BANCÁRIO ou TRANSFERÊNCIA BANCÁRIA, na  conta corrente do Evento:

     Banco do Brasil

    Agência: 1899-6

    Conta Corrente: 300.673-5

    Razão Social: Sociedade Brasileira de Geologia

    CNPJ: 62.916.366/0009-10

 

- Após a realização do depósito ou transferência, enviar a cópia digital do comprovante para o e-mail: financeiroxvisnet@gmail.com

 

IMPORTANTE:

- NÃO serão aceitos depósitos efetuador por envelope em caixa eletrônico.

- Serão considerados válidos somente os pagamentos realizados em até 7 DIAS após a realização da inscrição.

- Após os 7 dias, se não houver a realização do pagamento, a inscrição será automaticamente CANCELADA.

- Caso não seja confirmado a realização da excursão por parte dos organizadores, os pagamentos confirmados serão devolvidos integralmente.

 - Em caso de desistência por parte do participante, a Comissão Organizadora restituirá 70% do valor da inscrição da excursão inscrita. CASO A DESISTÊNCIA OCORRA APÓS 30/04/2019, NÃO HAVERÁ RESSARCIMENTO DO VALOR DA INSCRIÇÃO.