SNET SSBG v8-01.png

Excursões

separador.png

Excursão 5. Aparados da Serra (RS, SC) e Coluna White (Serra do Rio do Rasto, SC)

 

Líderes: Ariane Santos da Silveira (UNISINOS) ariane@unisinos.br; Edison José Milani (PETROBRAS) e Roberto Iannuzzi (UFRGS) 

Início: 30/05/2019 em Bento Gonçalves 

saída prevista as 08h00min do Hotel Dall'Onder

Fim: 01/06/2019 em Porto Alegre - chegada prevista as 19h00min

Duração: 3 dias

Temática: Áreas geoturísticas da Coluna White e dos cânions dos Aparados da Serra. A Coluna White é a denominação dada à exposição da coluna estratigráfica da Bacia do Paraná na serra do Rio do Rasto, no trecho da Rodovia SC-438 localizado entre os municípios de Lauro Müller e Bom Jardim da Serra, SC. A rota, que homenageia o geólogo norte-americano Israel Charles White, que estudou a geologia da área entre os anos de 1904 e 1906, é demarcada por 17 marcos de concreto que localizam as feições mais características da geologia local. Os cânions dos Aparados da Serra (Geoparque Caminhos dos Cânions do Sul, proposto pela CPRM; e Consórcio Intermunicipal, estabelecido por diversas prefeituras do RS e SC) constituem feições morfológicas notáveis com paredões verticalizados de rochas vulcânicas que podem chegar a até 900 m de altura. Localizados na zona litorânea da região sul do Brasil, onde demarcam parte da divisa entre os estados do RS e SC, expõem um dos maiores eventos magmáticos do planeta (135-119 Ma), relacionado à ruptura do Gonduana. Cabe destaque a biodiversidade da região, representada por importantes remanescentes do Bioma Mata Atlântica. Nos Campos de Cima da Serra ocorrem as florestas de araucárias, e nas escarpas a Mata Pluvial Tropical Atlântica.

Vagas: 17 (mínimo), 24 (máximo)

Investimento: R$ 590, 00

Informações adicionais: com exceção do café da manhã, as demais refeições e lanches não estão incluídas no valor do investimento. Os horários de chegada estão sujeitos a alterações, conforme o andamento da viagem.

Roteiro:

 

1º Dia - quinta-feira (30/05/2019)

Saída: 08h00min do Hotel Dall'Onder, Bento Gonçalves

Chegada: 19h00min em Hotel a ser definido em Criciúma (SC)

 

Viagem à Cambará do Sul (RS) para visitar o Cânion Fortaleza, pela sua facilidade de acesso e imponência. Destaca-se por apresentar o maior conjunto de escarpas da região dos cânions do sul, possuindo um vale escarpado de aproximadamente 7,5 km de extensão e altitude máxima de 1.157 m, sendo que os paredões rochosos chegam a ter 800 m de desnível vertical. Assim, reúne todas as feições geomorfológicas de interesse e que ocorrem nos demais cânions da região. Na descida em direção à BR 101, parada para ver a desembocadura do cânion Malacara. Caso haja tempo, visita em Torres (RS) ao Parque Estadual das Guarita: aos morros da Torre Sul, das Cabras e das Furnas.

 

Trajeto:

2° Dia - sexta-feira (31/05/2019)

Saída: 07h30min em Hotel a ser definido em Criciúma (SC)

Chegada: 19h00min no São Joaquim Park Hotel (São Joaquim - SC)

 

A partir da cidade de Lauro Müller (SC), inicia a subida da Serra do Rio do Rasto. O roteiro da Coluna White se dá ao longo da rodovia SC-438 e contempla a observação de aspectos sedimentológicos e estratigráficos da seção permiana entre as formações Rio Bonito e Rio do Rasto, bem como do pacote do Grupo São Bento (formações Botucatu e Serra Geral). Cabe ressaltar que o significado do trabalho de White e seus colaboradores, executado entre 1904 e 1906 na região da Serra do Rio do Rasto, em Santa Catarina, é da maior relevância para a estratigrafia da Bacia do Paraná, cujas premissas no sentido geral tem validade até os nossos dias.

 

Trajeto:

dia2.png

3° Dia - sábado (01/06/2019)

Saída: 09h00min do São Joaquim Park Hotel

Chegada: 19h00min na Rodoviária de Porto Alegre (RS)

 

Retorno da excursão de campo com algumas paradas na região dos Campos de Cima da Serra. Diferindo das formas de relevo visitadas nos pontos anteriores, essa região é composta por um terreno de superfície ondulada, marcada pela ocorrência de colinas e morros. Muitas vezes essas drenagens desenvolvem pequenas cascatas e cachoeiras, que podem estar associadas aos patamares formados pelos diferentes derrames de lava do vulcanismo da Serra Geral.

 

Trajeto:

tags.excursao-01.png
tags sess-01.png
tags mini-01.png
tags conf-01.png
tagsxpoo-01.png
tags socilo-01.png